SALTO YUCUMÃ

DSC_0154 by DigiPhotus
DSC_0154, a photo by DigiPhotus on Flickr.

Íntegra no link http://digiphotus.blogspot.com.br/2012/11/salto-yucuma.html

Olá Pessoal

Uma das maravilhas da natureza na América do Sul, o Salto Yucumã é surpreendente, sendo considerado o maior salto longitudinal do mundo, com mais de 1800 metros de comprimento…

Até mais

Eliane

Anúncios

RALLY DAS SERRAS 2012

DSC_0779 by DigiPhotus
DSC_0779, a photo by DigiPhotus on Flickr.

Íntegra no link http://digiphotus.blogspot.com.br/2012/11/rally-das-serras-2012.html

Olá Pessoal

O Rally das Serras 2012 agitou a serra catarinense neste feriadão, competição que passou a fazer parte do calendário oficial como última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de velocidade. ..

Até mais

Eliane

ONZE HORAS DO LAGEADO

DSC_0427 by DigiPhotus
DSC_0427, a photo by DigiPhotus on Flickr.

Íntegra no link http://digiphotus.blogspot.com.br/2012/11/onze-horas-do-lageado.html

Olá Pessoal

A natureza sempre nos surpreende. Os afloramentos de lajes de pedra, tão comuns nos campos da região de Lages, razão do nome da cidade, estão cheios de vida….
…Agora estamos trazendo uma variedade de onze horas, recentemente descoberta num dos lageados do potreiro da casa.
Como as onze horas domesticadas, ela floresce das 11 as 14 horas, nos dias ensolarados. A grande dificuldade é conseguir captar a tonalidade exata desta pequena flor exótica…

Até mais

Eliane

FLOR DE TUNA – EXÓTICA E SURPREENDENTE

DSC_9428 by DigiPhotus
DSC_9428, a photo by DigiPhotus on Flickr.

Íntegra no link http://digiphotus.blogspot.com.br/2012/11/flor-de-tuna-exotica-e-surpreendente.html

Olá Pessoal

Tuna é um pequeno cactos em formato de bola típico das lages de pedra do planalto serrano. Dele se faz uma geléia rara e muita apreciada na região.

Que enorme força pulsa dentro de um ser para fazer brotar uma tênue vida entre as pedras.

Transformando este ser numa bela imagem para nossos olhos, que muitas vezes passam por eles sem serem notados.
…bastando um ato muito simples, como curvar nossas cabeças e baixar nossos olhos, é o suficiente para admirarmos o milagre da vida.

Até mais

Eliane